Aniversário de Lúcio Flávio Pinto: o que você desejaria a ele hoje?

A vantagem de mediar um blog como esse, criado em solidariedade a uma pessoa, é que a existência dela ajuda a nos pautar.

Pois bem, para quem não sabe, hoje, dia 23 de setembro, é aniversário de Lúcio Flávio Pinto, jornalista, editor do Jornal Pessoal e amigo querido de muitos – e também inimigo declarado de quem não consegue ou está acostumado a lidar com a contrariedade e a autocrítica.

Lúcio Flávio Pinto, pelo olhar do irmão e grande companheiro de JP, Luiz Pinto

Quem o conhece pessoalmente reconhece logo de cara que a amabilidade é uma de suas características mais notáveis. Sua mente aguçada e ironia simpática também o tornam uma presença cativante.

E quantos de nós imaginariam que a gentileza e a simplicidade seriam as marcas maiores de uma figura considerada incômoda por fazer do jornalismo ferramenta de inquietação e questionamento de “verdades”, para o bem e lucidez de muitos e para o mal e indigestão de outros tantos.

E isso faz do Jornal Pessoal um patrimônio, por representar um espaço rico de discussão dos problemas comuns numa cidade como Belém, cujos lugares para isso estão cada vez mais restritos, seja pela dificuldade de acesso pelo cidadão comum ou pela escassez de oportunidades.

Para celebrar a data, o blog Todos com Lúcio Flávio Pinto organizou alguns votos ao aniversariante, mas que, realizados, seriam um presente a toda a sociedade:

1. Garantia do direito à liberdade de opinião e de imprensa, o que implica não ser inquietado por opiniões, assim como procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão, assim como previsto pela Declaração Universal dos Direitos Humanos em seu artigo 19º. Do mesmo modo, a Constituição Federal Brasileira, por meio do artigo 220, Capítulo V, apregoa que os cidadãos têm o direito à “manifestação do pensamento, criação, expressão e informação, sob qualquer forma, processo ou veículo,  sem qualquer restrição”.

E como isso seria possível? Por avaliações judiciais mais isentas de motivações políticas, o que provavelmente resultaria na eliminação de uma boa parte das dezenas de processos que lhe consomem as energias e outros recursos – e lhe devolveriam o tempo necessário à boa prática do jornalismo e do que mais lhe interessar.

2. Pares e adversários mais dispostos ao diálogo, para tornar o esforço empreendido junto ao Jornal Pessoal menos solitário e diminuir a impressão de que poucos compartilham o incômodo quanto aos problemas da realidade em que vivemos. 

Na prática, isso exige dos governos e de mais entidades da sociedade civil organizada a criação de fundos de financiamento e o reconhecimento de novos e muitos veículos de comunicação independentes, o que pressupõem a criação, a revisão e a execução de políticas públicas para a concessão, legalização e fomento de rádios e TVs comunitárias, por exemplo.

3. Ainda mais saúde, energia e lucidez para cumprir a função social do jornalismo em que todos acreditamos: apontar o que não está bom e pode, precisa, exige ou clama por melhora; de falar por quem é usualmente silenciado nos espaços em que as políticas são decididas; de considerar a diferença; incluir a diversidade; dialogar com múltiplos.

E isso também requer a compra do jornal por mais leitores, para que os mesmos não “encalhem” nas bancas e tanto trabalho não seja em vão, porque não é justo ser financeiramente sufocado pela produção de um periódico que mal cobre os próprios custos. Também acrescentamos aí neste item do pacote a maior liberdade para viajar e cobrir in loco o que acontece na região amazônica.

4. Ah, e porque não morremos (e vai que alguma entidade divina resolve ler o blog e realizar os pedidos), também desejamos um prefeito para Belém digno da missão que o aguarda e o Jornal Pessoal tanto aponta: recuperar a dignidade e o brilho de uma cidade que um dia já se afirmou cosmopolita – talvez mais por arrogância do que por competência. Um gestor inteligente o suficiente para entender que isso não será possível sem o diálogo e a sensibilidade de ouvir o que os diferentes grupos realmente querem e precisam (e que o jornalismo, se bem feito, pode ser um mediador fundamental nesse processo).

Como também não queremos monopolizar o espaço de desejos, sugerimos que outros participantes incluam os seus nos comentários, até mais tangíveis que os nossos, sob o compromisso de que cada um deles lhes será enviado por email, como uma carta final em conjunto de todos nós. Todos com Lúcio Flávio Pinto.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em Ação coletiva

11 Respostas para “Aniversário de Lúcio Flávio Pinto: o que você desejaria a ele hoje?

  1. Também sou mais uma admiradora – entre tantas e tantos – do seu jornalismo sério, digno, comprometido e competente. Trate-se bem, Lúcio, o paîs precisa do seu exemplo. Felicidades sempre. Um abraço (ainda que atrasado) daqui de Londrina, Paraná.

  2. Grato sou a todas as belas e generosas mensagens. Elasn confirmam a ligação que há entre o Jornal Pessoal e os seus leitores, “simples” cidadãos, conscientes dos seus direitos e deveres. Podem notar que nessas datas festivas não há qualquer mensagem institucional. Nenhuma. O poder não gosta do JP – e tem todos os motivos para isso. Mas o leitor gosta. E é o que importa. Um grande abraço para todos.
    —– Original Message —–

  3. Fernando

    A vida vem do éter que se condensa
    Mas o que mais no Cosmos me entusiasma
    É a esfera microscópica do plasma
    Fazer a luz do cérebro que pensa
    (Ave Augusto dos Anjos!)

    Caro Lúcio.
    Quizera ser um poeta e agora mesmo comporia uma ode a essa tua pessoal e dramática epopéia amazônica, onde a esfera de plasma do Augusto ainda não se fez em luz nos cérebros pensantes dos habitantes da grande hiléia. Mas como não sou, contento-me em ler e divulgar o que escreves sobre nossa região, graças a enorme generosidade de minha prima Cecília, que mora aí em Belém,e que me manda todos os jornais e dossiês que tens lançado. Leio, fico informado e devidamente indignado com as vilanias e correspondentes impunidades perpetradas pelos mafiosos que infestam nossa ex-Bela Belém, assim como estarrecido pela mentalidade de paisagem ostentada por ilustres nativos desta cidade de Parintins que adotei desde a década de setenta, (para onde retornei há quatro anos), diante dos avanços tanto da Mineração do Norte em Trombetas, quanto principalmente da Alcoa, aqui no município vizinho de Juruti. É como se fosse alguma entidade extra-terrestre ali presente ou a inefável vontade divina sobre a qual não há como se fazer qualquer questionamento. Porém nada que consiga provocar algum sinal de desistência de minha parte, afinal, segundo o corolário de Farnsdick,
    “depois que as coisas forem de mal a pior, o ciclo se repetirá”.
    Em todo caso, feliz aniversário, meu vizinho: você de 23, eu de 24, você faz 63 e eu 62.
    Um abraço
    Fernando.

  4. José Carlos Andrade

    Meu caro Lucio Flavio, entre tantos, sou apenas mais um anônimo admirador de seu conhecimento intelectual e de seu árduo trabalho. Sou paraense, moro no Rio de Janeiro e desejo, no dia de seu aniversário, que Deus continue lhe protejendo bem como sua digna família. Li a reportagem com seu fiel e dedicado irmão e desejo que ele ganhe na MEGA SENA para poder realisar seu sonho. Só lembro que ele tem que jogar para poder ganhar. Um forte abraço.
    José Carlos Botelho de Andrade.

  5. Luiz Mário de Melo e Silva

    Seu nascimento é um marco para a luta pela liberdade que se reafirma a cada aniversário. Parabéns e SSS (Saúde e Sucesso Sempre)!

  6. Socorro Veloso

    Um abraço ao querido amigo Lúcio. Desejo todo a paz e saúde a você, à sua família, a todas as pessoas de bem que te cercam. Como disse acima o Sérgio Guilherme, ser conterrâneo de alguém como você é motivo de imenso orgulho. Aproveito para informar que mais um artigo sobre o Jornal Pessoal foi aceito para ser apresentado no 10o Encontro Nacional da Sociedade Brasileira de Pesquisadores de Jornalismo: o título é “25 anos do Jornal Pessoal (1987-2012) – Um estudo sobre as condições de funcionamento do alternativo amazônico”.
    Apresentarei em novembro, na PUC do Paraná.
    Abração!

  7. Parabéns a vocês, meninas. Bela iniciativa.

    • Meu desejo Lúcio é o teu com toda certeza só não tenho o dom da escrita para dizer tudo quero e faço. Hoje já não luto mais só, tenho um amigo que me ajuda: Paulo Roberto ele é um anjo em minha vida.
      .
      Vamos aos desejos.
      .
      1º – Primeiro o Mensalão:
      O que está sendo julgado é uma prática política e não um partido político. Resta ao partido — a todos eles — entender os sinais eloquentes da sociedade brasileira: Queremos nosso país de volta e se Deus quiser chega!!!
      .
      2º – Como sou teu vizinho tenho varias ações na vizinhança inclusive muitas são ações judicias (entorno de 22 ações) que mudaram nos últimos 10 anos da Doca ao ver-o-peso. Tenho essa ação que já esta por Brasilia:
      […] 1.3.14. Processo n° 256/2010-CSMP (PAP N°
      095/2009-MP/2ªPJ/MA/PC) ? Protocolo nº 26128/2010. Procedência : 2ª PJ do Meio Ambiente e do Patrimônio Cultural de Belém.
      Interessado(s): Srs. Paulo Roberto da Costa Chagas Júnior e Osvaldo Rodrigues Aires Júnior. Assunto: Representação contra o Município de Belém por ação e omissão administrativa quanto à degradação da praça da República.
      .
      3º – No auge do teu caso fiz a minha campanha de sempre – solitária – e teu post ainda é uns dos 10 mais visitados do meu modesto blog, de 8 meses de vida, que por incrível situação este blog teve 55.000 visitas e eu sou apenas teu vizinho e mais nada. Agora estou com essa petição que posto aqui que espero que seja um bom começo para esse nosso Brasil vergonhoso.
      Meu Blog: http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/
      .
      Amigos da página, conto com vocês em uma divulgação maciça.
      .
      AMIGOS PATRIOTAS, POR FAVOR, ASSINEM E DIVULGUEM!
      TEMOS QUE ACABAR COM ISSO!!!
      VAMOS APOIAR O SUPREMO-STF!!!
      Uma manifestação fresquinha! Cidadãos! Ajudem a divulgar! Nossa meta é 20 milhões de assinaturas.

      BRASIL FORA DO CRIME!!!
      ASSINEM!!!
      http://www.peticaopublica.com.br/?pi=mensalao

      Amigo Lúcio, felicidades, uma palavra tão simples e tão poderosa.
      Abraço a todos e parabéns!!!
      Osvaldo Aires

  8. José Carlos Gondim

    Um grande abraço solidário ao Lúcio e ao “pessoal” do JP, ou melhor, o Luís P. Bjs
    Zé Gondim

  9. Que Nossa Senhora de Nazaré ilumine a consciência de todos os juízes hoje responsáveis pela apreciação dos processos que correm na Justiça contra o Lúcio Flávio Pinto para que a sombra do provincianismo e do coronelismo não os destitua do senso de Justiça!

  10. Sergio Guilherme Moraes de Souza

    Que acima de tudo, DEUS dê aos opositores a humildade, de sentirem no coração, que o jornalismo do Lúcio, não é PESSOAL, e sim AMAZÔNICO, defendendo os interesses maiores dos Estados, principalmente do Pará. Tenho orgulho de ser teu conterrâneo, e dizer a todos por onde passo, que o Pará tem um dos melhores jornalistas do País.
    Muitas felicidades!!.

Manifeste solidariedade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s