Lúcio Flávio Pinto cria blog sobre a trajetória de 15 anos da Vale

Lúcio Flávio Pinto acaba de criar o blog A Vale que vale para propor uma reflexão coletiva sobre a antiga Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) nos seus 15 anos de privatização. A empresa que, em 2011, obteve lucro líquido dez vezes maior do que o valor de sua privatização, 3,3 bilhões de dólares, ainda é uma desconhecida dos brasileiros. O blog se propõe a revelá-la, segundo o jornalista, sem as amarras dos press releases da empresa.

“Decidi criar este blog por motivos como esse. Para repensarmos a trajetória da antiga CVRD nesses 15 anos de sua atuação como empresa privada. Ela se consolidou como a segunda maior mineradora do mundo – e a mais diversificada. Dela depende meio milhão de pessoas em 32 países, espalhados pelos cinco continentes. É um universo único para uma empresa brasileira”, aponta.

E convida o público a participar. “Qualquer pessoa pode participar dessa roda de conhecimentos. Basta que relate a atividade que a Vale desenvolve na sua área de interesse, o que não aparece na mídia, dados que são sonegados ao conhecimento público, fatos que estejam acontecendo, documentos produzidos, observações pertinentes, imagens, fotos, dicas, sugestões. Pretendemos montar um painel revelador, denso e sólido, com informações vivas, originadas dos locais, de fontes primárias, que nos permitam acompanhar e influir sobre a atividade da Vale, da qual depende parte considerável dos destinos nacionais”.

Se você quiser conhecer o blog, clique aqui.

Participe.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em O que Lúcio nos diz

4 Respostas para “Lúcio Flávio Pinto cria blog sobre a trajetória de 15 anos da Vale

  1. Clodoaldo Fernandes

    Caro Lúcio parabéns pela brilhante iniciativa! É uma demostração de muito compromisso e coragem.
    Prof. Clodoaldo Fernandes

  2. Eloá dos Santos Cruz

    Excelente iniciativa, Prezado Lúcio Flávio.
    O espaço aqui é pequeno para que eu possa somar minhas contribuições. Por isso, sem querer rivalizar (muito ao contrário), indico o meu próprio blog (MUÇUNGÃO = http//:www.alafin.zip.net), onde escrevo desde 04/11/2005, mas abordando um contencioso de ações populares propostas desde ANTES do leilão de 06/05/1997. Desde já autorizo a reprodução de qualquer dos artigos postados ali, se merecer sua aprovação.
    O caso da COMPANHIA VALE DO RIO DOCE ainda está “sub judice” e recomendo a quem tiver interesse acompanhar o andamento dos processos RE 633954, AC 2716 e AImp 9, no Supremo Tribunal Federal (http://www.stf.jus.br), cujas decisões podem vir a reverter a suspensão das ações populares regularmente propostas e propiciar uma avaliação correta do monumental acervo da maior mineradora do mundo.
    Parabéns mais uma vez.

  3. Marly Silva

    Parabens pela iniciativa . O tema é complexo mas com a colaboração de todos como vc bem enfatizou pode-se ir longe em termos de informações, reflexões, questionamentos e proposições .
    Abraços

Manifeste solidariedade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s