ABI dedica artigo às injustiças da justiça contra Lúcio Flávio Pinto

O Jornal da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), edição de número 375 (fevereiro/2012), concedeu três páginas às batalhas enfrentadas pelo jornalista Lúcio Flávio Pinto diante da justiça do Pará. Intitulado “O injustiçado pela justiça”, o artigo assinado por Paulo Chico tem como chamada de capa “Querem calar o repórter que defende a Amazônia”, bem resumindo a saga do jornalista que se defende de 33 processos judiciais movidos contra ele, desde a década de 1990, por empresários, desembargadores, políticos e publicitários.

Paulo Chico se reporta especialmente ao fato recente da negação feita pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) de seguimento do recurso do jornalista contra a condenação que lhe foi imposta, em 2005, pelo juiz Amilcar Guimarães. Lúcio Flávio Pinto, de acordo com o juiz, ofendeu moralmente o empresário Cecílio do Rego Almeida (já falecido) ao chamá-lo de “pirata fundiário” em artigo publicado no Jornal Pessoal, em 1999. Por isso, deveria indenizá-lo em R$ 8 mil, valor que, atualizado, corresponde a cerca de R$ 22 mil. Ainda que a ação de grilagem tenha sido comprovada pela Justiça Federal, com base nas denúncias do jornalista, o Tribunal de Justiça do Estado do Pará manteve a sua condenação.

O artigo também aborda os processos movidos por membros da família Maiorana, proprietária das Organizações Romulo Maiorana, afiliada à Rede Globo.E mostra, finalmente, a rede de solidariedade criada em favor do jornalista para angariar recursos, a fim de pagar a indenização aos herdeiros do grileiro.

A entrevista com o jornalista saiu na mesma edição dedicada à memória do jornalista Wladimir Herzog. O artigo de capa, “Justiça para Herzog”, traz uma entrevista com o fotógrafo Silvaldo Leung, autor da famosa foto do corpo de Herzog pendurado nas dependências do II Exército, imagem que serviu para montar a farsa do “suicídio” do jornalista.

Acesse aqui a Revista da ABI.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Dizem por aí

Uma resposta para “ABI dedica artigo às injustiças da justiça contra Lúcio Flávio Pinto

  1. Marly Silva

    Hoje dia da mentira , em diversos lugares do país , inclusive aqui em São Paulo , foram realizadas manifestações de protesto contra a mentirona
    do “fim” da ditadura , agora , civil-militar . E em Belém ? Nada contra a mentira da nossa ” justiça ” ? E que tal , a homenagem ao Médici no transporte público ? Também não merecia um protesto ?
    Marly Silva

Manifeste solidariedade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s