Veja o que o juiz que condenou Lúcio Flávio Pinto postou no Facebook

O juiz Amílcar Roberto Bezerra Guimarães, que atualmente responde pela 1ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Pará, foi o responsável pela condenação do jornalista Lúcio Flávio Pinto em 2006, quando substituiu, por um dia, o juiz responsável pelo caso que envolve denúncias de grilagem contra o empresário Cecílio do Rego Almeida.

Agora, provocado pela declaração de suspeição a todo o TJE-PA feita por Lúcio Flávio, em meados de fevereiro, quando decidiu não mais recorrer da sentença indenizatória, e pela campanha empreendida em apoio ao jornalista, o senhor Amílcar Guimarães escreveu os seguintes textos em sua página no Facebook. Nem é preciso dizer muito sobre esse episódio lamentável, pois os textos falam por si:

Post 1: “O jornalista Lúcio Flávio Pinto ofendeu a família Maiorana em seu Jornal Pessoal. Aí o Ronaldo Maiorana deu-lhe uns bons e merecidos sopapos no meio da fuça, e o bestalhão gritou aos quatro cantos que foi vitima de violência física; que a justiça não puniu o agressor etc..,.

Mais tarde, justa ou injustamente, o dito jornalista ofendeu o falecido Cecílio do Rego Almeida. A vítima, ao invés de dar o…s sopapos de costume, como fez o Maiorana, recorreu CIVILIZADAMENTE ao judiciário pedindo indenização pela a ofensa.

Eu fui o juiz da causa e poderia ter julgado procedente ou improcedente o pedido, segundo minhas convicções.

Mas minha decisão não valia absolutamente nada, eis que a lei brasileira assegura uma infinidade de recursos e o juiz de primeiro grau nada mais faz do que um projeto de decisão que depende de uma série de recursos a ser confirmada pelos Tribunais.

Tomei uma decisão juridicamente correta (confirmada em todas as instâncias), mas politicamente insana: condenei a irmã Dorothy do jornalismo paraense em favor do satanás da grilagem.

Aí o jornalista faz um monte de insinuações; entre elas de que fui corrompido etc…

Meu direito de errar, de graça ou por ignorância, não foi respeitado. A injustiça tinha necessariamente que resultar de corrupção, não é Lucio?

Detalhe, é que a condenação foi ao pagamento de R$- 8.000,00, de maneira que se eu tivesse sido comprado seria por um valor, imagino, entre 10 e 20% do valor da condenação.
Isto é o que mais me magoa; isto é o que mais me dói: um magistrado com a minha história; com o meu passado, ser acusado por um pateta como LFP de prolatar uma sentença em troca de no máximo R$- 1.600,00.
Pensei em dá-lhe uns sopapos, mas não sei brigar fisicamente; pensei em processá-lo judicialmente, mas não confio na justiça (algo que tenho em comum com o pateta do LFP).
Então resolvi usar essa tribuna para registrar o meu protesto.
Mas se o Lúcio for realmente MACHO e honrar as calças que veste, esta desafiado para resolver nossas pendências em uma partida de tênis.

Escolha a quadra, o piso, as bolas, o local, data e hora,

CANALHA!!!!! ”

Post 2: “Eu quero me aposentar. bem que esse otário do LFP poderia fazer uma recamação no CNJ. Juro que não me defento e aceito a aposentadoria agora. Me ajuda, babaca!!!!!!”

 

Anúncios

55 Comentários

Arquivado em Dizem por aí

55 Respostas para “Veja o que o juiz que condenou Lúcio Flávio Pinto postou no Facebook

  1. Pingback: Quem é Amílcar Roberto Bezerra Guimarães? | Blog do Tony

  2. Jefferson rocha

    essse magistrado é uma vergonha para a justiça brasileira, Espero que à corregedoria do tje-pa, tome provedencia o mais urgente possivel, senão vai ficar igualmente desmoralizada.

  3. Jonas Barbosa

    Um juiz que diz não acreditar na justiça, não pode e não deve ser levado em consideração. Ademais, quando diz que não seria mal ser aposentado pelo CNJ, achincala os outros magistrados e dá pouca importância ao cargo que tem.
    Passar num concurso público não encurta a orelha de ninguém.
    Saudações paulistas.

  4. Meu nome é Osvaldo Aires e não conheço na minha luta contra esses bandidos aqui relatados nenhum juiz dignos todos são pilantras inclusive as juízas. Que me processem seus bando de bandidos cornos. Chega de esses merdas condenarem pessoas direitas, querem fazer justiça? Condenem então a suas mães por criarem seus filhos da p* no mínimo covardes.

    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com/2012/03/ordem-dos-advogados-do-brasil-seccional.html#!/2012/03/ordem-dos-advogados-do-brasil-seccional.html

    Vamos à luta
    Osvaldo Aires
    piconsultoria@hotmail.com

  5. Víctor Rogério

    Que a ignorância desse juiz não se espalhe pelo Brasil adentro.
    Que a civilidade seja a regra – e não a exceção.
    E que esse homem seja defenestrado de tão importante cargo – pois o poder de um juiz não pode estar em mãos de pessoas desqualificadas, desonestas, ímprobas, injuriadoras – sem, no entanto, receber dos cofres públicos o dinheiro dos honestos (como assim ele requer; como se isso fosse um prêmio).
    Precisamos mudar os paradigmas.
    Precisamos mudar determinados conceitos.
    Chegou a hora sairmos dessa mudez atávica.
    Para que outros, como LFP, não tenham o direito à voz cassado.
    Somos Todos Lúcio Flávio Pinto.

  6. manoel guimarães filho

    Sou estudante do 10º período de direito,aqui em Teresina,e o comportamento deplorável desse magistrado me deixa ainda mais desanimado e preocupado com o judiciário nacional…
    Um abraço aos que lutam pela justiça.

  7. Pingback: Juiz que condenou Lúcio Flávio chama jornalista de “canalha” e “babaca” | Viomundo - O que você não vê na mídia

  8. Edgar Monateiro Chagas Junior

    Penso que seria interessante que esta pagina se tornasse um mural constante debates sobra nosso eterno colonialismo parauara. Que este fato seja um ponta pé inicial de divulgação dos desmandos de despreparados como este infeliz “magistrado” que pertence a nossa famigerada justiça comprável!
    Sugiro também que cada um compre mais de um exemplar do Jornal Pessoal e presenteie a alguém, assim, ajudaríamos a fortalecer o único jornal sério destas bandas.

  9. Jorge Henrique bastos

    Estamos com o Lúcio contra a estupidez!!

  10. Isso é uma vergonha!
    Vergonha!
    Vergonha!
    Vergonha!
    Vergonha!
    Vergonha!

  11. Carlos Lamarão Corrêa

    Embora o fato não tenha me surpreendido, por conhecer o Lúcio há mais de trinta longos anos, confesso que, mais uma vez, senti muito orgulho em tê-lo como amigo, quando escutei o orador dizer na Praça da República, domingo de manhã, que ele pedia a todos que suspendessem as doações, porque o valor recolhido já dava para pagar a indenização que lhe fora imposta pela Justiça do nosso Estado. E posso dizer, com convicção, que em mim a emoção foi bem maior, porque lutamos juntos contra o falecido grileiro, e juntos fomos por ele processados. E o que é mais triste, enquanto fui inocentado pelo Tribunal de São Paulo, nas duas ações, uma cível e outra criminal, em decisões que inclusive sugeriram que eu fosse condecorado por defender o patrimônio público, ele, Lúcio, foi condenado por ter cometido o mesmo “delito”: ter chamado o grileiro de grileiro. Será que o Tribunal de São Paulo foi injusto com o grileiro, ao contrário do que ocorreu com a Justiça do Pará? Essa é uma questão que jamais poderá ser dirimida por meio de uma partida amistosa de tênis na Assembléia Paraense, mas pela honradez e paz de consciência de cada julgador, que não se deve confundir com jogador.
    Ao parceiro de tantas lutas, um grande abraço.

  12. Só se publica nessa birosca o que lhes comvém.

    VAI JOGAR TENIS COM O CARA PQ PRA MIM TU MERECE UNS SOPAPOS MSM

    • Senhor Sebastião,
      Respeitamos sua opinião, mas queremos lembrar ao senhor que este é um blog de apoio ao jornalista Lúcio Flávio Pinto e é pautado pela repercussão que o episódio recebeu da grande imprensa e, principalmente, da sociedade, dos cidadãos de bem. Se o senhor é a favor da violência e dos atos do juiz, procure o fórum mais adequado para também manifestar sua opinião. Procure a página pessoal do magistrado no Facebook.
      Moderação do Blog Todos com Lúcio Flávio Pinto.

  13. E os Desembargadores do TRABUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO vão permitir que “isso” continue julgando.
    I S T O É U M A V E R G O N H A

  14. Francisco Machado Filho

    Não vamos estereotipar, condenando o Poder Judiciário.
    Condenemos, isto sim, este juizinho sem juízo, que mancha a magistratura nacional.
    Que o CNJ possa assumir posição a respeito deste caso. Ministra Eliana, não nos decepcione.
    FMachado
    VIÇOSA-MG

  15. Com a palavra o CNJ.
    Com a palavra a corregedora Eliana Calmon.
    E a OAB, vai fazer o que?

  16. Eu gostaria de saber como irá reagir o Conselho Nacional de Justiça diante de tanto absurdo, um cidadão travestido de Juiz de Direito fala tanta besteira e vai ficar por isso? Em se tratando de Brasil e Belém, eu não duvÍdo de nada.
    COMO É QUE SE PODE CONFIAR NA JUSTIÇA DESSE PAÍS????????

  17. Armezon

    Certamente o Ministro Marco Aurélio Melo será a única pessoa a defender esse monstro. Porque a meses atrás defendeu os juízes corruptos, onde deu uma liminar suspendendo as ações do CNJ.

  18. Moysés Bemerguy Brasília DF

    Esse MERETRÍSSIMO (é assim mesmo) juiz acaba de assinar uma confissão de incompetência, parcialidade, ausência de isenção de ânimos, desrespeito ao magistrados sérios (que existem..), desrespeito à sociedade e a própria justiça em que milita. Vossa Excelência envergonha a Magistratura, o poder judiciário, sua família, os paraenses (que como eu estou indignado) e os brasileiros de boa índole..Agradeço-o muito, por confirmar que tudo que o Lucio Flavio escreveu a seu respeito era verdadeiro. Eliana Calmon tinha razão quantos aos bandidos de toga e eles começam a sair de suas tocas. O Sr. é um servo das elites e transpira deboche e certeza de impunidade ao desafiar Lúcio para uma partida de tênis. Que tal discutir ética, justiça, moralidade com o Lúcio? O Sr. Levaria uma merecida sova intelectual e sairia com o traseiro roxo e o cérebro avariado (mais ainda), mas não seja por isso: O CNJ LHE AGUARDA, TENHA CERTEZA DISSO e não vai ser com aposentadoria compulsória não, pois isso é prêmio e o Sr. não o merece!O Poder Legislativo (com todos os seus desvios) está providenciando a correção dessa anomalia. Até lá, continue nessa sua vidinha fútil e vulgar de juiz incompetente que deve fazer um esforço muito grande para trabalhar com dignidade e um esforço ainda maior para correr ao Banco e receber seus polpudos e imerecidos proventos. Seu dia chegará……

  19. mustdownload

    Esse tipo de coisa acontece no Brasil por conta da maldita impunidade. A “punição” máxima a juizes é a tal aposentadoria compulsória… Ou seja, depois que “você” se torna Juiz, pode literalmente fazer o que quiser. Pode roubar, corromper (ou ser corrupto), julgar errado, o que quiser.

    A culpa é de quem? Lei
    Quem faz / atualiza as leis? Políticos
    Quem escolhe esses políticos? Você

    Portanto, por mais dificil que isso seja, tente saber mais do passado (ou do presente) daqueles políticos que você elegeu ou pretende eleger.

    Quem sabe consigamos um dia ter no senado uma maioria de honestos…

  20. Marco Barros

    Divulguem a reunião amanhã, dia 6, no ministério público.Estarei lá.

  21. Vendo um depoimento desse nível vindo de um Juiz,
    Pergunta: Como acreditar na Justiça
    A Corregedora Eliana Calmon é quem tem razão, ela precisa urgentemente lê esse depoimento
    Como é que uma pessoa desse tipo pode ser Juiz.

    Meu amigo Lúcio Flávio, aguente, que isso vai acabar, tem que acabar, nada é eterno.

  22. Deyse teixeira

    Nossa senhora! q juiz é esse q não confia n própria justiça? rsss. é pq ta la dentro e sabe como são as coisas, certamente. Deve ser amigo da família Maiorana e, com certeza grande proprietario d terra ou sua família…

  23. Pingback: Ataque verbal de juiz a jornalista repercute na internet | TODOS COM LÚCIO FLÁVIO PINTO

  24. Torpeza

    Digamos, por hipótese, e parece que foi mesmo, obra desse.
    Isso ¨Detalhe, é que a condenação foi ao pagamento de R$- 8.000,00, de maneira que se eu tivesse sido comprado seria por um valor, imagino, entre 10 e 20% do valor da condenação.¨mostra uma visão torpe de tudo. Esse valor para Lúcio pagar é uma fortuna, mas para o corruptos aos quais interessa sua condenação, pagar milhões por isso é café pequeno.

  25. Marcio Souza

    Lamentável. A justiça, de preferência a divina, o punirá

  26. JUIZ? Isso é Magistrado? Bem olhando seu perfil no Facebook, dá bem para entender como funciona a cabeça desse cidadão.
    Tão vulgar quanto suas atitudes.
    E onde está a OAB NACIONAL, que não se manifesta. Onde está o seu Presidente Nacional OPHIR CAVALCANTE, procurador licenciado do Estado do Pará?

  27. Dilu Coimbra

    Que coisa mais triste ter essa “coisa” como representante da Lei por aqui.
    Lamentável!!!!!!!!!!!!!!

  28. Impressionante um Juiz manifestar seu desejo de violência…. e mais, não agiria porque não se garantiria…. Esse Juiz já é velho conhecido pelos Advogados do Pará, já escuto histórias do mesmo mesmo antes de virar advogado… Velho conhecido por também condenar valores ínfimos a títulos de danos morais (lembro num caso que colocou numa Sentença que comeria uma latinha com comida estragada comprada em supermercado por 10 mil reais, algo assim), e uma briga com um conhecido advogado paraense… #humildade #incompetencia #prepotencia

  29. Leonardo

    JUIZ? Isso é Magistrado? Bem olhando seu perfil no Facebook, dá bem para entender como funciona a cabeça desse cidadão.
    Tão vulgar quanto suas atitudes.

  30. Bruno

    Ou seja, ele decidiu contra o jornalista pois acredita que sua decisao nao tem valor algum. E deixou pra ele recorrer, logico que ele nao queria ser desconvidado de alguma festinha dessa familia. O valor da decisao é manter a amizade com o poder local.

    E depois declara que nao acredita na justiça. Eu tambem nao acredito mas pelo menos ele tem atribuição, eu não.

  31. qual será a universidade que concedeu um diploma p um cidadão desse!!! será que ele negociou o diploma tbm?
    fala um monte de bobagens leviana e nao fala nada !!!

  32. Augusto Domingues das Neves

    Deprimente. Lúcio Flávio, a caravana passou e os latidos continuaram. És vencedor. Heloísa, suas preces serão ouvidas.

  33. Marlon Aurélio Tapajós Araújo

    Penso que a descarada manifestação desse simulacro de juiz deva ser enviando com o urgência ao CNJ, em forma de denúncia, e deva ser enviada ao Presidente do Supremo Tribunal Federal a fim de que, ao iniciar os debates de uma nova Lei Orgânica da Manistratura Nacional, tenha linha de conta que aponsentadoria com vencimentos proporcionais nunca foi e jamais será pena para enlameadores de toga como este!

  34. Dão Ferreira

    Como um satanás desse passou nos exames e concursos, sendo isso que ele é?

  35. Reblogged this on Virgulinoreidocangaco's Bloge comentado:
    Simplesmente vergonhoso para a Magistratura…

  36. Emman

    Nem vou dizer que parece um feirante pra não ofender um digno trabalhador. Pior é que é um sujeito que não tem cultura nem educação pra responder com compostura que o cargo lhe confere. É um cara no mesmo nível que a corja de empresários e grileiros e pistoleiros que estão saqueando o país.
    É esse tipo de elemento que a negligência do Estado produziu e que rege as instituições brasileira. A sociedade há de se combater esse tipo de canalha.

  37. Camila Barbalho

    Pelo menos ficou evidente nem mesmo o juiz Amílcar Guimarães se respeita. Já não me sinto na obrigação de respeitá-lo também.

  38. Edson Corrêa

    Causa surpresa descobrir que alguém que vibra ao saber que o jornalismo sério deve ser combatido com sopapos, está apto a julgar questões de justiça em nosso Estado. Até quando teremos que conviver com essas demonstrações de arrogância? Lúcio, aguente firme pq ainda tem gente séria e honesta no Pará e esses, estão ao seu lado nessa luta.

  39. Não me admiro em nada, a postagem do magistrado Amílcar Roberto Bezerra Guimarães! O fato só se revela como o descortinar de uma situação, que precisa resposta da população. Que as instituições brasileiras estão corrompidas, todos nós sabemos e não é de hoje! A coragem do magistrado deve ser vista como um grito de alerta para toda a população!
    O caso não é de surpresa, é de indignação! Merecemos o que estamos vendo acontecer, uns mais outros menos. Mas, todos mereceram, na medida de que ninguém arreda o traseiro da poltrona em busca de seus direitos constitucionais. Ninguém sai às ruas para protestar sobre os desmandos freqüentes que presenciamos! Seja do Executivo, do Legislativo ou como no caso em apreço, do Judiciário! A bandalheira impera em nosso país e o cidadão não reage! Nem sei se o termo cidadão, esta bem empregado, na medida em que entendo que para ser cidadão é preciso participar das questões relativas a cidadania. O que não se observa de uma forma geral! Só mantenho o termo em função das eventuais exceções, para não incorrer no erro, de cometer mais uma injustiça!
    Até quando minha gente? Cadê a coragem demonstrada pelo Magistrado! Ate que ponto deverá chegar para que as pessoas, ditas de bem, se revoltem e exijam mudanças reais, ampla, geral e irrestrita!
    Avisem-me, quando esse dia chegar, quero participar deste dia histórico para a democracia brasileira!

  40. edson gillet

    Neste triste episódio patrocinado pela vil justiça, cabe aqui ao ignóbil magistrado a frase do Barão de Itararé “Todo homem que se vende recebe mais do vale”.
    A nossa ministra Eliana tem razão os “bandidos de toga” crescem como a essência de uma célula cancerosa, coloca em risco a humanidade..
    O caminho do Lúcio é o nosso do jornalismo comprometido com a busca da verdade, sempre.
    Paciência se uma parcela da magristradura faz o papel da avestruz.
    O doutor Amilcar esviscera o que de ruim tem a justiça não esperemos que as visceras aprodeçam vamos reagir. Já!
    Edson Gillet – jornalista

  41. Camila Fonseca

    Isso é um juiz???

  42. Essa coisa que escreve dcom esse baixo nível é um dos JUÍZES do judiciário paraense? Então estamos “bem” servidos. Triste justiça. Dra. Eliana, dê uma olhada nisso e se arrepie também.

  43. Pingback: Michel Pinho | Movimento Somos Todos Lúcio toma a praça.

  44. Dr. Gardenal

    Que cara mais insano. Não sabia que inimputáveis prolatavam sentenças…

  45. A nação brasileira está bem servida com juízes como o senhor Amílcar Guimarães.
    Obrigada senhor juiz, por transpassar um exemplo e tanto de direito. Oremos pela capacidade de constrangimento e indignação do Judiciário Paraense. Porque nós, cidadãos de bem, estamos envergonhados e tristes.

  46. márcia lamarão corrêa

    Quando um representante do Poder Judiciário afirma, de público, que ele mesmo não confia na Justiça, o que mais se pode dizer senão lamentar e concordar com a decisão do jornalista Lúcio Flávio Pinto, em desistir de recorrer da sentença que o condenou? É triste..! E o que é pior. Como explicar fatos dessa natureza aos nossos filhos, sem deles retirar aquilo que traduz a própria essência de nossas vidas: a esperança! Ora, Sr. Juiz, por que V.Exa. não desafia o jornalista para um debate intelectual, ao invés de uma partida de tênis? Pergunto e respondo! Porque aí, certamente, V.Exa. não teria a menor chance de vitória. Voltaria prá casa de bicicleta, com os dois pneus que o jornalista iria lhe aplicar!

  47. Marden

    CNJ nele já!!!

  48. Caros, passadas a estupefação e a indignação, a providência é fazer a informação circular. A atitude exibicionista do juiz Amílcar Guimarães (a página dele no Facebook está aberta a quem quiser ver) é significativa da postura do magistrado e de sua crença na impunidade. Uma ação coletiva, popular, ao CNJ também é possível. É só seguir as instruções disponíveis no site do STJ.
    Agradecemos a manifestação de todos.
    Moderação do Blog Todos com Lúcio Flávio Pinto

  49. Absoluto

    Que tal o CNJ, quebrar o sigilo fiscal, telefônico e bancário desse “magistrado” ? Comparar se os provimentos dele são condizentes com a sua vida nababesca?
    Esse é um trabalho para a SUPER CORREGEDORA ELIANA CALMON DE SÁ, atualmente conhecida como o TERROR DA BANDIDAGEM DE TOGA OU VAGABUNDOS DA TOGA!!!!…

  50. Não dá para classificar um juíz desse nível. Debochado, rude, vulgar. A nossa democracia está mal. Estou curioso para ver o que os demais magistrados e o TJE dirão sobre isso. Nada, quase certo.
    Não sei por onde começar para melhorar nossa sociedade. Isso é complicado, porque não se pode pensar, pensar, pensar e não agir. Mas como agir de maneira eficaz? Como podemos levar todo esse caso ao conhecimento da população? Não basta ficar na internet e em demonstrações que não são mostradas pela imprensa. Temos que pensar e agir.

    • Nina Victoria Melo

      Gente, esperava uma postura dessa de qualquer um, menos de um “magistrado”, uma pessoa que deveria dar o exemplo. Tamanha ofensa gratuita só nos faz pensar que esse cidadão agiu sem imparcialidade quando jugou o caso do Lúcio Flávio. Lamentável! Descrença total na Justiça desse Estado!

    • hamilton rodriguez

      jose francisco. só desse juiz ficar do lado do ronaldo maiorana na agressão covarde contra um senhor de mais idade. ja dar pra ver que não dar pra confiar numa pessoa dessa .que nem mereçe ser chamado de meritissimo. nem mereçe o respeito de ninguem. porque proteje gente que pensa que são os donos da verdade. como essa familia maiorana.

Manifeste solidariedade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s