Lúcio Flávio Pinto agradece ao Público pela solidariedade

Eugène Delacroix: "A liberdade guiando o povo", 1830

Caríssimos amigos,

É com a alma lavada e enxaguada em lágrimas, como diria Odorico Paraguassu, patrono da mixórdia nacional, que lhes comunico: a campanha de arrecadação de fundos, aberta para cumprir a ordem da justiça do Pará, de pagar ao grileiro indenização pela audácia de chamá-lo de “pirata fundiário”, já ultrapassou os 22 mil reais estimados como maior valor atualizado. É uma façanha, a ser creditada aos cidadãos de fé e força deste nosso país querido e maltratado. É dinheiro que sai espontaneamente das economias de pessoas comuns, como eu e vocês. Pessoas dignas, decentes e positivas. Gente pela qual se justifica e se eleva o trabalho que temos feito. Um generoso e emocionante exemplo de solidariedade e consciência, que tão profundamente toca meu coração e rejuvenesce minha consciência.

Obrigado a todos vocês. Esta etapa foi realizada. Quem vai pagar pela decisão aviltante do Tribunal de Justiça do Estado do Pará será o contribuinte, o cidadão, a pessoa, que, no dia da execução da sentença absurda, comparecerá ao Palácio da Justiça para testemunhar o ato desonroso. Dessa roda não participaram as instituições. Praticamente todas elas se calaram, se omitiram ou se acovardaram. Inclusive as que prometeram fazer alguma coisa – e, por dever de ofício, deviam fazê-lo. A bandeira que tremula, como na famosa tela de Delacroix sobre a revolução francesa, é a da liberdade, que conduz o povo para a sua história. Como todos sabemos, não há história que valha a pena sem a companhia dessa senhora, patrona e guardiã dos nossos melhores sonhos.

Muito obrigado.

Lúcio Flávio Pinto

PS – Peço que cessem de vez as contribuições financeiras. Permanecem as contribuições de todas as outras naturezas.

Anúncios

12 Comentários

Arquivado em O que Lúcio nos diz

12 Respostas para “Lúcio Flávio Pinto agradece ao Público pela solidariedade

  1. Pingback: Rebeldia e ativismo político na web | TODOS COM LÚCIO FLÁVIO PINTO

  2. Wildjaime Araujo

    Direto de Mossoró-RN mando a minha solidariedade ao jornalista Lúcio Flavio. Tenho uma frase pra você: Não há um mal que não venha pra um bem maior.

    • We could defieitnly use this. We also have some snow here during winter and as a homeowner broken pipes due to frosting is what I am scared to happen. Glad to know of this product.

  3. Felipe Gillet

    Lúcio
    Você sempre foi um exemplo no jornalismo, para mim e muitos outros que persistem nesta profissão. Esse reconhecimento, que no momemento se traduz na forma pecuinária, também o é, com toda certeza, feito de um sentimento de orgulho por alguém que é, antes de tudo, escravo de suas convicções e amigo de quem busca a verdade. Abraços.

  4. Marcus Santos

    Caro Lúcio,

    Na verdade, o que foi arrecadado na campanha de solidariedade lançada nas redes sociais, e abraçada pelos seus amigos e admiradores, nada mais é do que a retribuição pelo muito que você tem feito pela liberdade de informação no nosso sofrido e espoliado Estado do Pará. É a mais sincera manifestação de apreço e admiração pela luta diária que você trava contra as injustiças e, principalmente, contra as elites carcomidas e corruptas que teimam em continuar disseminando suas mazelas, malfeitos e falcatruas ao longo dos tempos, fatores estes que são a causa principal do atraso mastodontico por que passa o nosso Estado e fazendo com que estejamos colocados entre os piores em quase todos os indicadores sociais (educação, saúde, saneamento, etc, etc, etc…). Fique certo que nunca vamos lhe abandonar sozinho nessa luta do Davi contra o Golias, e podes contar sempre a nossa mobilização para quaisquer outros embates que tiveres que travar com o objetivo de continuares a tua missão levar aos seus leitores não só a informação isenta, transparente e correta, mas que também nos leva a refletir e debater sobre os temas fundamentais que afetam o desenvolvimento do Estado do Pará e de seus municípios, assuntos estes que estão completamente fora da agenda da dita “grande” imprensa, totalmente comprometida por interesses comerciais e espúrios, e que na maioria das vezes vão de encontro aos interesses da nossa sociedade. Vamos continuar juntos nessa luta!!!
    Um grande abraço.

  5. Thais Mesquita dos Santos

    Lúcio Flávio, mereces o apoio de todos os brasileiros, principalmente dos paraenses. Tenho certeza que vencerás essa luta !!!
    A injustiça da qual tens sido alvo há vários anos está sendo observada pelo Plano Superior e, sem dúvida, Deus continuará te protegendo e te dando forças para continuares tua nobre missão. Um abraço amigo. Thais Mesquita dos Santos.

  6. Pingback: Ato de solidariedade ao Lúcio Flavio Pinto

  7. Odália Figueiredo Leal

    Controle Social no Judiciário Já!!! Para evitar outras injustiças como essa,ao nosso glorioso Lúcio Flávio Pinto.

  8. Marly Silva

    Querido guerrilheiro ,
    As palavras de BRECHT bem sintetizam o significado das lutas e dos lutadores.
    Há aqules que lutam um dia , e por isso são bons ;
    há aqueles que lutam muitos dias e por isso são muito bons ;
    há aqueles que lutam anos e são melhores ainda ;
    porém , há aqueles que lutam toda a vida ; esses são os imprescindíveis !!!!

    abração

  9. Júlio César Guimarães

    Agora sim. Esse é um indicador para acreditar na real Justiça, a da população. Os resquícios das capitanias hereditárias, do coronelismo, transformados, hoje, em representantes do elitismo judicial devem ser derrotados para sempre. Lúcio, a luta continua! Estamos com você.

  10. Ednaldo Rodrigues

    Em nome de todos os sócios vitalícios da Academia de Letras e Artes de Santarém (ALAS), solidarizo-me com o jornalista Lúcio Fravio Pinto. Um homem honrado, probo e corajoso que representa a esperaça da perpetuação da ética e do comprometimento com a sociedade brasileira, a geração presente e as futuras gerações. Lúcio Flavio Pinto, com muito orgulho, é sócio da Academia de Letras e Artes de Santarém, titular da Cadeira Nº 04, que tem como patrono, o grande orador Antônio Veloso Salgado.

  11. Fatima Aragao

    Lucio Flavio, meu abraco amigo e mihha solidariedade, te confesso minha ngustia com esta situacao que retrata a justica de nosso Para, tao amado por mim. beijos, Fatima Aragao.

Manifeste solidariedade

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s